Evolução no tratamento da doença | Firme Forte | Osteoporose

Evolução no tratamento da doença

Atualmente, há uma grande variedade de medicações que agem no metabolismo fosfo-cálcio. A maioria diminui o processo de reabsorção óssea.

O tratamento da osteoporose é baseado na redução da reabsorção óssea ou no estímulo a formação óssea. Existem diversos tipos de tratamento que podem ser utilizados isoladamente ou de forma associada.

Medicamentos para a osteoporose:

- A terapia de reposição hormonal em especial como o uso de estrogênios, foi uma das principais formas de tratamento da osteoporose até alguns anos. Opções de tratamento deste tipo podem ser discutidas como o médico.

- Bisfosfonatos São medicamentos que inibem o processo de reabsorção óssea, podendo levar até mesmo a um aumento da densidade óssea. Dentre os bisfosfonatos estão o alendronato, risendronato e o ibandronato.

- Raloxifeno Esta medicação é considerada um modulador do receptor de estrogênio. Seu mecanismo de ação está em mimetizar a função do estrogênio para aumentar a densidade do osso, sem afetar os riscos associados à terapias de reposição hormonal, como o câncer de colo de útero, por exemplo.

- Calcitonina Hormônio produzido pela glândula tireoide que naturalmente reduz a reabsorção óssea. O seu uso na forma de suplementação por meio de spray nasal ajuda a prevenir a perda óssea e combater a osteoporose.

- Tamoxifeno Hormônio sintético usado para tratar o câncer de mama. Embora o tamoxifeno bloqueie o receptor de estrogênio no tecido mamário, seu efeito nos ossos é parecido com o estímulo estrogênico, reduzindo a perda óssea e auxiliando no tratamento da osteoporose.

- Teriparatida Medicamento injetável análogo do hormônio paratireoide, que estimula a formação do osso, enquanto os outros apenas detêm o avanço da doença. A função da teriparatida é aumentar a atividade dos osteoblastos, portanto estimulando a nova formação óssea e revertendo o avanço da doença. Estudos mostraram que o medicamento melhora a força óssea, a qualidade óssea e contribui para a redução de fraturas.

Apesar do arsenal, os médicos ressaltam que nem todos os medicamentos podem ser utilizados por todas as pessoas com a doença. Primeiro, é necessário saber o que levou ao quadro de osteoporose. Afinal, a doença pode ser desencadeada por conta da pós-menopausa nas mulheres, pode ter diversos pontos de partida nos homens, surgir como consequência de uso de outras patologias ou ainda após a ingestão de remédios. O mais sensato é sempre conversar abertamente com seu médico, ponderando sobre os benefícios e riscos de cada procedimento.

 

Twitter

Dica Firme e Forte

ToolsCalculadora

Para previnir a osteoporose: consuma mais alimentos com cálcio e vitamina D, tome mais sol e faça mais exercícios com algum impacto. Não deixe de fazer os exames preventivos, incluindo a denistometria óssea.

Arquivos

Depoimentos [+] outros depoimentos

Um estilo de vida saudável é fundamental na prevenção e tratamento da osteoporose. Atividade física regular é importante para a saúde óssea. No entanto, é importante ressaltar que a atividade física deve envolver exercícios com impacto e que fortaleçam a massa muscular. São esses os mais importantes para a manutenção da massa óssea. Claro que a intensidade do exercício e o grau de impacto que o indivíduo pode suportar variam de acordo com cada caso e, por isso, é essencial que a atividade física seja supervisionada por um profissional treinado.

Diogo Domiciano, médico-assistente da Disciplina de Reumatologia do Hospital das Clínicas da USP.

21/09/2011

Lorem ipsum dolor sit amet

“A osteoporose é real e afeta a todos. É preciso mobilizar a todos e mostrar que embora difícil, é possível conviver com a doença, trabalhar e ter uma vida normal.”

Suely Roitman, Presidente da FENAPCO

Dica Firme e Forte

ToolsCalculadora

Para previnir a osteoporose: consuma mais alimentos com cálcio e vitamina D, tome mais sol e faça mais exercícios com algum impacto. Não deixe de fazer os exames preventivos, incluindo a denistometria óssea.

Teste de Osteoporose

ToolsTesteOsseo

São apenas 19 perguntas simples para você descobrir como está a saúde dos seus ossos.

Teste de Osteoporose